GOVERNO – Marcelo Victor é defensor do diálogo entre universidades e Ministério da Educação

O governador em exercício do Estado, deputado Marcelo Victor, declarou que é necessário reabrir o canal de conversação entre a as universidades e o Ministério da Educação. “É preciso diálogo entre as universidades e o ministro da Educação, para acabar com as querelas miúdas e oferecer uma educação de qualidade, principalmente para a população mais carente”, disse o governador interino.

Na solenidade a professora Valéria Correia, reitora honorária da Ufal, passou o comando da Universidade para o reitor Josealdo Tonholo. A cerimônia aconteceu na tarde desta quarta-feira, 29, no auditório da Reitoria, no Campus A.C. Simões, em Maceió.

“Nós entendemos a importância desse equipamento para Alagoas, não só por desenvolver a cultura e o conhecimento, mas também pela injeção de capital na nossa economia”, disse Marcelo Victor. O governador interino também destacou a responsabilidade que o reitor Josealdo Tonholo assume agora, passando a liderar um grande movimento em defesa do fortalecimento da universidade pública, autônoma e gratuita, lembrando ainda os 59 anos da Ufal, comemorados no último dia 25 de janeiro. Marcelo Victor aproveitou para desejar uma gestão “profícua e transformadora, assim como deve ser a ação educativa na sociedade”, garantindo ainda todo apoio e solidariedade da Assembleia Legislativa.

Na mesma solenidade, o reitor deu posse à vice-reitora Eliane Cavalcante e aos pró-reitores de Extensão, Clayton Santos; Estudantil, Alexandre Lima; de Graduação, Amauri Barros; de Gestão de Pessoas e do Trabalho,Wellington da Silva; de Gestão Institucional, Renato Luiz; e de Pesquisa e Pós-graduação, Iraildes Pereira. Também serão empossados o superintendente de Infraestrutura, Dilson Batista, e o chefe de Gabinete, Ubirajara Oliveira.

Botão Voltar ao topo
Fechar