SÓ AUMENTA: Palmeira dos Índios já registra 90 casos e três óbitos

O novo mapa da epidemia causada pelo coronavírus, no Estado de Alagoas, mostra que a doença estende, numa velocidade acelerada, suas raízes por praticamente todos os municípios alagoanos, causando preocupação aos gestoras e autoridades sanitárias. “Estamos atuando no limite tanto a rede de saúde quanto as equipes” disse o prefeito de Palmeira dos Índios Júlio Cezar.

Para especialistas, a única medida eficaz capaz de frear o avanço da Covid19 é o distanciamento social ainda pouco praticado pelas cidades alagoanas. “Ou à população ajuda fazendo aquilo que está sendo orientado ou não teremos vagas suficientes nos hospitais para atender os doentes” acrescentou o gestor.

As cidades se apresentam nesta terça-feira (26) em números de casos da seguinte forma: Maceió (3848); Arapiraca vem em seguida com (272); Marechal (185); Rio Largo (147); São Sebastião (125); São Miguel (121); Coruripe (118); Satuba e Porto Calvo (116); Teotônio Vilela (114); Palmeira dos Índios aparece no mapa do Estado de Alagoas com (90) casos confirmados da Covid19.

“Estamos diante de estatísticas que desafiam a própria capacidade das redes de saúde do Estado e dos Municípios para atender a grande demanda causada pelo coronavírus, principalmente para pacientes graves que precisam de cuidados intermediários ou intensivos. Por isso, precisamos contar com o apoio da população” concluiu o prefeito.

Botão Voltar ao topo
Fechar